EEUM   UMinho    eLearningContactos
 Mestrado Integrado em Engenharia Biomédica
 
Universidade do Minho · Escola de Engenharia
» Ramo - Engenharia Clínica

Enquadramento


  As unidades de saúde incluem um conjunto de serviços com requisitos e exigências específicos, por exemplo ao nível dos bancos de tecidos e órgãos, unidades de esterilização, análises cínicas, etc. A qualidade do ambiente ao nível destas unidades passa pelo conveniente controlo da qualidade do ar e pelo tratamento dos resíduos. O desenvolvimento de boas práticas e procedimentos para controlo das infecções nosocomiais, as tecnologias de tratamentos de efluentes, a gestão dos serviços, são tópicos aprofundados neste ramo do curso. São também aprofundados conhecimentos em áreas emergentes ou em desenvolvimento rápido, nomeadamente nas áreas de engenharia de tecidos, órgãos artificiais, medicina regenerativa, etc.

 

Resultados de aprendizagem

  • Identificar e avaliar os principais riscos ocupacionais em unidades de saúde - Analisar criticamente aspetos da Segurança e Higiene do Trabalho em contexto hospitalar
  • Desenvolver e aplicar técnicas de planeamento, controlo e de desempenho
  • Desenvolver competências de organização de estruturas e financiamento de sistemas de saúde
  • Usar um conjunto de conceitos e técnicas de natureza financeira para modelar, prever e avaliar o comportamento e desempenho de sistemas sob o ponto de vista económico.
  • Descrever e interpretar princípios da GQT, das normas da família ISO 9000:2000 e dos modelos EFQM
  • Identificar tipos de biorreatores e descrever a sua operação com culturas de células. Aplicar critérios de scale-up
  • Dimensionar unidades de separação de Bioprodutos
  • Integrar operações unitárias em processos unitários
  • Aplicar técnicas de bioquímica e biologia molecular na identificação de agentes biológicos
  • Analisar os riscos dos agentes biológicos e identificar níveis de biossegurança
  • Identificar mecanismos de ação de fármacos e os principais tipos de fármaco
  • Utilizar modelos de farmacocinética
  • Identificar estratégias de modificação de fármacos para libertação controlada
  • Identificar os mecanismos básicos de ativação e de regulação das respostas inflamatórias e imunológicas
  • Aplicar os métodos instrumentais mais utilizados em análises clínicas
  • Identificar os problemas relacionados com a presença de órgãos artificiais intra-corporais
  • Distinguir os diferentes tipos de células, metodologias de cultura e diferenciação utilizados em Engª de Tecidos e discutir criticamente as diversas estratégias de Engª de Tecidos bem como as aplicações presentes e potencias de cada uma delas
  • Analisar as várias alternativas de tratamento para um determinado resíduo/efluente hospitalar e avaliar a mais adequada

Plano de Estudos

4º ano

5º ano

 

Investigação

CEB

 

Responsável Ramo


Responsável: Mariana Henriques
Departamento:  Departamento de Engenharia Biológica (DEB)
Contacto: